Tome uma Atitude

O que vocź pode fazer:

Este website nčo contém nada de novo. Toda a informaćčo apresentada aqui está disponível em outras fontes também. Contudo, este poderá ser o primeiro webiste (e até agora o único website deste género) que combina descobertas científicas com informaćčo da forma como os meios de comunicaćčo liberais tźm espalhado essas mesmas descobertas de uma forma enganosa (motivados por razões políticas).

Depois de ler estas informaćões (e verificar as inúmeras referźncias e sublinhar fontes de informaćčo) vocź poderá perguntar a si mesmo o que poderá fazer em relaćčo a este importante assunto. Considere as crianćas que estčo em risco (as que já nasceram e as que ainda estčo para nascer) e que nčo tźm quase ninguém para as defender! Elas nčo dčo contruibuićões políticas e nčo tźm nenhum político defendendo os seus interesses. E também nčo existe nenhum incentivo para os meios de comunicaćčo e a industria de entreternimento protegerem essas crianćas da popularizaćčo do estilo de vida homossexual. Mas vocź nčo pode ficar indiferente quanto a esta questčo. Faća o que vocź puder fazer.

O autor deste website nčo pede e nčo aceita contribuićões. Mas aqui seguem algumas sugestões daquilo que vocź poderá fazer:

  1. A nivel pessoal, faća tudo o que tiver ao seu alcanće para ajudar as meninas e os rapazes a nčo ficarem confundidos em relaćčo á sua identidade sexual. Especialmente se vocź for um homem, ajude os meninos que nčo tźm pai sendo um modelo para eles.
  1. Faća o que puder para contra-argumentar a falsa informaćčo divulgada pelos principais meios de comunicaćčo acerca deste assunto. Lembre-se que a verdade nčo pode ser negada para sempre. Na realidade, a verdade está em marcha e vocź deverá fazer parte disso. Um ponto de partida poderá ser de informar os seus amigos, mandar e-mails para os seus contactos, informar a sua comunidade, etc., acerca deste website no seu todo (os 3 mitos) ou em parte. É uma questčo de mudar a reacćčo da populaćčo em geral acerca deste assunto.
  1. Várias empresas em diferentes países, por vezes patrocinam financeiramente actividades “gay” e seus interesses. Contacte essas companhias e expresse a sua opiničo. Algumas delas sčo grandes multi-nacionais. Por exemplo, a “Scandinavian Airlines System” (SAS) é um patrocindor antigo da perversa e obscena parade gay anual em Stocolmo na Suécia.