pre-ref 10

Ref. 10A:
Esta referźncia está em inglźs e discute muitos relatórios e evidźncias sobre a taxa muito mais elevada de pedófilia entre homens homossexuais. Traduzido em sua língua lź-se (em parte):
“Um estudo sobre pedófilia na Jornal Psiquiátrico da Universidade de Ottawa relatou: “De acordo com a literatura, resultados de relaćčo dois para um de heterossexual para pedófilos homossexuais foi documentado.“ E em referźncia ao relatório por Bradford e outros [20]:
John M.W. Bradford, e outros, " A heterogeneidade/homogeneidade da Pedófilia," Jornal Psiquiátrico da Universidade de Ottawa 13 (1988): 225. Em outra parte as notas do estudo: Os investigadores estimaram variadas vezes a incidźncia de um homossexual pedófilo entre 19 por cento e 33 por cento de violaćões relatadas, 'P. 218.”

Para vźr o texto original em inglźs clique aqui (tamanho do ficheiro: 200 k)

Referźncia. 10B:
Esta referźncia está em inglźs e igualmente discute muitas evidźncias sobre a taxa muito mais elevada de pedófilia entre homens homossexuais. Traduzido em sua língua lź-se (em parte):

“Apesar dos esforćos por activistas homossexuais para afastar o estilo de vida gay da pedofilia, permanece uma conexčo perturbante entre os dois. Enquanto muitos homossexuais poderčo nčo procurar parceiros sexuais mais novos, a evidźncia indica que números desproporcionais de homens gays procuram homens ou meninos adolescentes como parceiros sexuais. O enlace da homossexualidade e da pedofilia é explicado de seguida.

Pedófilia na cultura gay
Thorstad menciona Jim Kepner, entčo responsável dos Arquivos Internacionais de gays e lésbicas de Los Angeles. Ele diz: Uma ideia que eu tenho tentado expor é que se nós rejeitamos os amantes de meninos em nosso meio hoje será melhor parar de “acenar a bandeira” dos gregos clássicos, de Michelangelo, de Leonardo Da Vinci, de Oscar Wilde, de Walt Whitman, de Horatio Alger, e de Shakespeare. Será melhor deixar de reivindicá-los como parte da nossa heranća a menos que nós estivermos alargando nosso conceito do que significa ser gay hoje. [20] '......

Em 1985 a Associaćčo Norte-Americana Amor entre Homem-Menino (NAMBLA), que advoga abertamente o sexo entre adultos e crianćas, foi admitida como membro no concelho das organizaćões gays e lésbicas em Nova York assim como na Associaćčo Gay Internacional, agora conhecida como Associaćčo Internacional Gay e Lésbica (ILGA). No meio dos anos 90 a associaćčo ILGA juntamente com a NAMBLA e outros grupos pedófilos custou á organizaćčo o seu estatuto de organizaćčo nčo governamental nas Naćões Unidas. [21]

Para vźr o texto original em inglźs clique aqui (tamanho de ficheiro: 192 k):